TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES

ÁGUAS DE PROCESSO:
TRATAMENTO DE TORRES DE RESFRIAMENTO:

Uma torre de resfriamento ou torre de arrefecimento é um dispositivo de remoção de calor usado para transferir calor residual de processo para a atmosfera.

As aplicações mais comuns incluem o resfriamento da água que circula nas refinarias de petróleo, indústrias químicas, estações de energia e refrigeração do edifício.

As Torres de Resfriamento devem ser tratadas para se evitar o crescimento dos depósitos microbiológicos e minerais, que reduzem a transferência de calor nas torres. Este tratamento é, normalmente, efetuado com produtos químicos, gerando altos custos com a compra, transporte, armazenagem e manuseio, além de dificultar o controle da corrosão destas.

Os microorganismos tendem a se acumular nas partes internas e nos componentes das torres, formando um Biofilme, numa dura cobertura como incrustações, impedindo uma eficiente troca de calor, o que aumenta os custos de manutenção.

TRATAMENTO DE GERADORES DE VAPOR – CALDEIRAS:

Uma operação bastante comum na indústria é a geração de vapor, normalmente utilizado para a produção de trabalho mecânico em turbinas (vapor sobreaquecido) ou em processos de aquecimento, nos quais se emprega o vapor saturado.

Independentemente de sua utilização, a qualidade do vapor nestas operações é fundamental, sendo dependente de um correto dimensionamento das linhas de distribuição, os purgadores, as válvulas, os acessórios e, principalmente, uma boa qualidade da água utilizada para gerar este vapor.

Os quatro grandes inimigos dos sistemas de geradores de vapor são as incrustações, a corrosão, a erosão e o arraste.

O Tratamento de Água é feita de acordo com dados da caldeira e a análise de água de “alimentação” ao sistema e dependendo do resultado, pode ser recomendado o auxílio de equipamentos mecânicos de retenção de STD (Sólidos Totais Dissolvidos) ou Pré-tratamento Químico.

Uma água perfeita para alimentar um sistema de geração de vapor é aquela que não apresenta substâncias incrustantes, não corrói e não ocasiona arraste de partículas de água junto com o vapor e nem forma espumas que também podem ser arrastadas com o vapor.

Encontrar uma água com esta qualidade é muito difícil. Por isso, a água utilizada na geração de vapor deve sofrer um tratamento artificial, para a eliminação dos contaminantes que causam incrustação, corrosão e arraste.

NOSSOS SERVIÇOS
  • Dimensionamento do Programa de Tratamento para Torres e Caldeiras;
  • Remoção de oleosidade em equipamentos novos;
  • Perfeito diagnóstico da origem dos problemas com seu equipamento;
  • Fornecimento de produtos químicos para tratamento da água de Torres e Caldeiras.

TRATAMENTO DE ÁGUA

A purificação da água ou potabilização é um processo que consiste no tratamento da água, a fim de remover os contaminantes que eventualmente contenha, tornando-a potável, isto é, própria para o consumo humano.

Dependendo da fonte da água, uma grande variedade de técnicas poderá ser empregada para esse fim. Um dos nomes dado às unidades onde é feita a purificação de água é estação de tratamento de águas ou ETA.

TRATAMENTO DE EFLUENTES

Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que, no Brasil, se designa oficialmente também por Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), é uma infraestrutura que trata as águas residuais de origem doméstica e/ou industrial, comumente chamadas de esgotos sanitários ou despejos industriais, para depois serem escoadas para o mar ou rio com um nível de poluição aceitável através de um emissário, conforme a legislação vigente para o meio ambiente receptor.

Numa ETAR ou ETE as águas residuais passam por vários processos de tratamento com o objetivo de separar ou diminuir a quantidade da matéria poluentes da água.

NOSSOS SERVIÇOS
  • Operação, Adequação e Monitoramento em Estação de Tratamento de Águas e Efluentes;
  • Fornecimento de Mão de Obra treinada para operação de ETE e ETA;
  • Fornecimento de produtos químicos para tratamento de águas e efluentes;
  • Assessoria para correção de processo de tratamento de efluentes;
  • Supervisão Direta ou Indireta, com avaliação de resultados;
  • Testes com Novos Produtos para auxiliar no tratamento;
  • Análise de águas e efluentes em Laboratório Credenciado;
  • Apresentação de soluções e parceiros para Projetos de ETA e ETE.